A arte da navegação com mapa e bússola em ambientes florestais começou como exercício militar na Escandinávia, nos finais do Séc. XIX. As condições naturais de paises como a Suécia permitiram o sucesso desta actividade, tendo-se realizado a primeira grande prova desportiva de Orientação em Março de 1919, perto de Estocolmo.

Paises vizinhos como a Noruega e Finlândia fazem desta actividade de desporto e lazer uma tradição, tendo-se mesmo integrado a Orientação na formação curricular dos estudantes suecos, aliando-se à prática física o conhecimento prático de Geografia.

A Orientação vem progressivamente a conquistar novos países na Europa e noutros continentes, mas os melhores Atletas e provas mais míticas continuam a ser nos Países Nórdicos.

Todos os Verões chegam a participar mais de 25000 pessoas de todo o mundo no decano dos Eventos de Orientação, o O-Ringen, na Suécia, com cinco dias de duração.