Decorreram este fim-de-semana os Campeonatos Nacionais de Orientação em BTT 2010 na zona de Oliveira de Azeméis, com a organização do Ori-Estarreja e Câmara Local. No Sábado de manhã, disputou-se o percurso de Distância Média e à tarde o percurso de Sprint, ambos no mapa de São Martinho da Gândara. Na manhã de Domingo, e já numa nova localização, no mapa de Palmaz, apuraram-se os campeões de Distância Longa.

CN Ori-BTT 2010 - Mapa de São Martinho da Gândara

Se no primeiro dia de prova, a lama foi o principal ingrediente que dificultou a progressão aos atletas, no segundo, a altimetria colocou a principal dificuldade no que toca à exigência física. O mapa de São Martinho era tecnicamente exigente, com uma boa rede de caminhos, mas relativamente plano. Noutra altura do ano, mais seca, tornaria os percursos super-rápidos e propensos a erros de navegação. Com a lama e poças ao longo de alguns caminhos principais, limitou a velocidade, diminuiu a probabilidade de erro, embora se tenha tornado mais fatigante. O mapa de Palmaz era um interminável de subidas e descidas, obrigando a não cometer erros, que mesmo pequenos, poderiam custar minutos. Neste terreno, além da resistência física pedida aos atletas, a técnica de descida era necessária para evitar bloqueios de rodas e percas de controlo das BTT’s nas rochas polidas pela passagem das águas da chuva.

CN Ori-BTT 2010 - Mapa de Palmaz

No que toca aos principais escalões da modalidade, nos Homens Elite, Paulo Alípio, do COC- Clube de Orientação do Centro, bateu a concorrência nacional e arrecadou os três títulos em disputa. Neste particular, há que mencionar o acidente de Daniel Marques, vítima dum choque contra um inexplicável arame a alta velocidade, que o arredou logo de manhã da luta pelas medalhas, quando seria o principal favorito às vitórias neste escalão. Ao Daniel, desejam-se as melhoras e o regresso rápido à modalidade.

Nas Damas Elite, Susana Pontes, na Média, e Rita Madaleno, no Sprint e Longa, dividiram as medalhas e sagraram-se Campeãs Femininas nas respectivas distâncias.

De notar foi a considerável presença de atletas estrangeiros, principalmente Suiços, Austríacos e Espanhóis, quer em preparação para o Mundial da modalidade, em Julho, a disputar em Montalegre, quer em representação de clubes nacionais.

Para ver os resultados em detalhe, consulte as listas no site dos Campeonatos Nacionais de Ori-BTT 2010.